#MeuAlunoMeEnsinou: campanha valoriza papel de estudantes no ensino

#MeuAlunoMeEnsinou: campanha valoriza papel de estudantes no ensino

Confira depoimentos, compartilhe seu relato no Facebook usando a #MeuAlunoMeEnsinou e marcando a página do Criativos da Escola

“Quando eu ensino, eu aprendo duas vezes mais”. É a partir dessa reflexão que o Criativos da Escola lança nesta terça-feira (1) a campanha #MeuAlunoMeEnsinou, com o intuito de reconhecer, valorizar e disseminar histórias de ensino e aprendizagem que educadores e educadoras de todo o Brasil já vivenciaram junto aos seus estudantes.

Nós acreditamos que o aprendizado parte sempre da troca, do sentir e do fazer coletivo. E é no encontro com o outro que a mágica acontece: professor vira aluno, aluno vira professor e todos saem cheios de novos olhares e experiências.

Por isso, convidamos você, professor ou professora, a postar um relato ou um vídeo que conte o que já aprendeu com seus estudantes no decorrer de sua vida dentro dos espaços educativos. Basta postar o conteúdo em seu próprio perfil no Facebook, marcar o Criativos da Escola e escrever #MeuAlunoMeEnsinou na postagem. 

 

17_TEMPLATE_ASPAS

“O diálogo, a empatia, o respeito e a colaboração são valores fundamentais para que a troca aconteça e precisam estar presentes em todas as etapas educativas. Porém, em contexto social acirrado, esses valores acabam ficando em segundo plano. É urgente promover reflexões sobre a relação de educadores com seus estudantes e efetivar práticas que valorizem os alunos e alunas no processo de ensino e aprendizagem, em toda sua complexidade e diversidade identitária e social”, aponta o manifesto da campanha (veja o vídeo acima). 

“As educadoras e educadores são profissionais fundamentais para pensarmos o país, mas pouco se fala sobre o que eles aprendem todos os dias em sala de aula”, destaca o coordenador do Criativos da Escola, Gabriel Maia Salgado.

Alertando para como uma cultura de não escuta aos estudantes pode provocar sérios problemas como o isolamento, a depressão e a evasão escolar, Salgado reforça que a campanha #MeuAlunoMeEnsinou vai no sentido contrário à culpabilização de crianças e jovens: “esperamos promover reflexões sobre a relação de educadores com seus estudantes, reforçando a ideia de que quem ensina também aprende e chamando a atenção para o que as iniciativas dos estudantes podem impactar na qualidade da educação e da formação de professores”.A Campanha irá atravessar todo o mês de outubro, passando, inclusive, pela celebração de duas datas importantes: o Dia das Crianças e o Dia dos Professores, mostrando a importância da troca entre educadores, crianças e jovens dentro dos mais diversos espaços educativos e contextos sócio-culturais.

5_TEMPLATE_ASPAS

Se educadores do Brasil inteiro compartilharem em suas redes sociais histórias sobre os aprendizados que tiveram com os seus estudantes, podemos juntos provocar outros processos educativos a partir do que os alunos sentem, pensam, criam e espalham, fortalecendo a ideia de que todas as pessoas podem contribuir para a construção de uma sociedade melhor.

Em dúvida do que compartilhar? Lembre das experiências marcantes que você já vivenciou com um estudante. Vale uma forma de encarar um problema, uma história sobre uma cultura local ou, até mesmo, macetes para conseguir ir bem na prova.

Vamos nessa? Diz aí, #MeuAlunoMeEnsinou que…

Inspire-se com os mais diversos depoimentos de educadores e educadoras nos vídeos abaixo publicados no Facebook:

“Aprendi muito sobre democracia. Meu aluno Xacriabá me ensinou”. Assim disse @Macaé Evaristo; educadora e ex-secretária de Alfabetização, Diversidade e Inclusão do (Secadi) do Ministério da Educação entre 2013 e 2014, que também participa da campanha #MeuAlunoMeEnsinou

“Meu aluno me ensinou a importância de conhecer as condições de vida dos alunos. Ele me deu essa aula de Educação Integral muito antes da gente começar a trabalhar com Educação Integral.”, contou Pilar Lacerda, educadora, ex-secretária de Educação Básica do Ministério da Educação (2007-2012) e hoje diretora da Fundação SM.

“Meu aluno me ensinou a ser”, é o que diz a atriz, cantora, poeta e educadora Elisa Lucinda, que também está participando da campanha #MeuAlunoMeEnsinou. Para ela, o aprendizado é uma via de mão dupla

“#MeuAlunoMeEnsinou que professor erra e que professor tem que ter humildade para falar ‘errei’ e ‘desculpa’. Professor também tem que respirar e começar quantas vezes for necessário. Ensinou que a gente aprende mais do que ensina. Toda vez que entro em sala de aula eu passo alguma coisa, e recebo de volta”, disse a educadora Elenicy Augusta Barbosa Pazzinatto, que diz que ela não seria quem é hoje sem seus alunos.

“Aprendi mais um pouquinho sobre encher o coração de bondade, sem precisar romantizar a infância. Não é ficção, é realidade! Todo dia aqui na escola e a todo momento, ganhamos um ensinamento”, disse em suas redes a educadora Regiane Silva, que também está participando da campanha #MeuAlunoMeEnsinou

“Meu aluno(a) me ensinou que estar na escola é, por vezes, uma maneira de resistir a vida que lhe foi imposta”, conta o educador Carlos Eduardo Junior.

” MeuAlunoMeEnsinou que cada um tem um tempo e um jeito único de aprender”, conta em seu perfil a educadora Roselaine Pontes de Almeida.

16 Comentários
  1. Meu aluno me ensinou que inclusão se faz deixando a criança também cair. Como qualquer outra criança. Faz parte.

    • Que lindo depoimento, professora Roseli. Agradecemos por partilhar isso com a gente! Continue acompanhando a campanha e também os conteúdos de nosso site! 😉 Abraços!

  2. Meu aluno me ensinou que o afeto chega, antes de tudo, depois vem as letras, os números, a história, as ciências… E a gente mistura e faz uma linda história de vida.

    • “Que o amor é importante”! Agradecemos por partilhar esse aprendizado tão bonito e tão potente com a gente! Abraços!

  3. Aprendo muito com os alunos com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Alunos, de fato, me fazem ser uma pesquisadora assídua para construímos juntos o aprendizado. Diria que é uma proposta de aprendizagem afetiva, efetiva, diferenciada, desafiadora, motivadora, especuladora que promove muitos resultados positivos.

  4. #MeuAlunoMeEnsinou, na prática do dia-a-dia, que em cada um, mesmo no mais desacreditado, existe uma corda que vibra… E que cabe somente a nós, comprometidos com a Educação de qualidade e para todos, fazer essa corda vibrar! 💪🙏❤️

    • Estamos juntos nisso, Mercia! Agradecemos por partilhar suas ideias e aprendizados com a gente! Abraços!

  5. ” Meu aluno me ensinou”
    Sempre tive vontade de trabalhar com skate, mas sempre me faltou coragem, na verdade o que eu sabia sobre esse tema!!! precisava ir além, precisava daqueles que me ajudariam nas minhas aulas práticas, afinal eu nunca tinha andado de skate, não me faltou vontade de aprender, fui atras, estudei e consegui vários aliados para ampliar e aprofundar os conhecimentos dos demais com relação ao tema, fomos além das expectativas, fizemos apresentações, rodas de conversa, discussões com temas pertinentes ao conteúdo, falamos da questão de gênero, de preconceito, das músicas, das vestimentas, do Hip Hop,tivemos um outro olhar para esta manifestação da cultura corporal, meus alunos me ensinaram muito, foram meus parceiros, serei eternamente grata!

    • Débora, que bacana essa experiência, hein? Muito mesmo! Agradecemos por partilhar seu aprendizado com a gente! Abraços!

  6. #MeuAlunoMeEnsinou que a tecla F13 também trola professor… 🙃

    • Muito bom! Obrigada por partilhar com a gente esse jeito de “trolar” também! Um abraço!

  7. Meu aluno me ensinou que eu ainda tenho muito o que aprender.

  8. Meu aluno me ensinou que eu ainda tenho muito o que aprender e que não posso desistir diante de um obstáculo. A persistência é uma virtude.

  9. ” Meu aluno me ensinou” que é preciso olhar com coração o tempo todo e aproveitar a oportunidade para resgatar a autoestima quando ele mostrar o que sabe fazer bem. E a partir daí incentiva-lo a ensinar seus colegas, e ao mesmo tempo que mostra suas habilidades, ensina e resgata sua própria autoestima.
    Esse meu aluno do 5º ano do AEE, faz pulseiras com barbante coloridos. aproveitei e pedi que ensinasse os alunos dos 2º anos que frequentava a sala do AEE também.

    • Agradecemos seu relato Maísa!
      Temos recebido depoimentos que evidenciam isso, que o aprendizado compartilhado potencializa muito a participação e a autoestima dos estudantes.
      Continue acompanhando a campanha em nossa página de facebook: https://www.facebook.com/criativosdaescola/

  10. #meu aluno me ensinou

Deixe uma resposta