8 projetos ligados aos Direitos Humanos pensados por estudantes

8 projetos ligados aos Direitos Humanos pensados por estudantes

Uma das iniciativas, nomeada “E Se Fosse Com Você?”, incentiva jovens de Sapiranga (RS) a debaterem o tema igualdade de gênero na escola e virou projeto de lei municipal

A Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH) é um documento marco na história. Elaborada por representantes de diferentes origens jurídicas e culturais de todas as regiões do mundo, a Declaração foi proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas, em Paris, no dia 10 de dezembro de 1948 e estabeleceu, pela primeira vez, a proteção universal dos direitos humanos. Diante da importância da data, o Criativos da Escola apresenta oito projetos transformadores de estudantes do ensino fundamental e médio que promovem reflexões ligadas aos direitos fundamentais.

Um desses projetos foi protagonizado por três alunas do 8º ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal de Ensino Fundamental Maria Emília de Paula, em Sapiranga (RS). Para mudar essa triste realidade de violência contra as mulheres e para propor o fim dessa situação, as estudantes criaram o clube feminista “E se fosse com você?”, uma das iniciativas premiadas na edição do Desafio Criativos da Escola deste ano.

Após compartilharem entre si os casos de violência doméstica sofrida por suas avós, as alunas se questionaram sobre como essas ocorrências ainda afetavam as mulheres da nova geração. Para entender como agir, fizeram uma pesquisa e perceberam que a união era a melhor forma de empoderamento e combate ao feminicídio. Por isso, convidaram alunas de todas as turmas para participarem do clube, um espaço seguro para falar sobre igualdade de gênero e da luta das mulheres no Brasil.

Munidas desses argumentos e com o apoio de uma psicóloga, conversaram sobre relacionamentos abusivos e assédio no ambiente escolar. As alunas receberam, ainda, orientação de uma advogada, que mostrou ao grupo como proceder em casos de agressão.

As meninas partiram para a conscientização junto aos estudantes dos anos iniciais do Ensino Fundamental, tanto da própria escola, quanto de colégios do município vizinho de Nova Hartz. A mobilização foi bem recebida e ganhou, também, o apoio dos alunos, que também se apropriaram da pauta e saíram em defesa da causa.

As fundadoras do Clube buscaram apoio da Secretaria Municipal de Educação e da Câmara de Vereadores e conseguiram aprovar uma lei que garante a discussão sobre o combate à violência contra a mulher nas escolas do município.

Esse é apenas um exemplo de como o engajamento e empoderamento dos jovens pode transformar realidades e ajudar a garantir direitos. Conheça, abaixo, outros casos protagonizados por crianças e jovens que abordam a importância dos Direitos Humanos e promovem reflexão sobre o tema, que também foram destaque nas edições do Desafio Criativos da Escola:

Biofertilizante líquido natural: estudantes de Cascavel (CE) criam um biofertilizante como alternativa ao uso de agrotóxicos.

Projeto Biofertilizante líquido natural, finalista no Desafio Criativos da Escola 2019

Projeto Biofertilizante líquido natural, finalista no Desafio Criativos da Escola 2019

Braille Básico: estudantes do Rio Grande do Sul viram professores de braille para promover inclusão escolar.

Estudantes criaram um curso de braille e fomentaram a inclusão na escola

Projeto Braille Básico, finalista no Desafio Criativos da Escola 2019

Escola pra quê?: estudantes de São Luis (MA) mostram a importância da escola como espaço de transformação social.

Projeto Escola Pra Quê?, finalista no Desafio Criativos da Escola 2019

Projeto Escola Pra Quê?, finalista no Desafio Criativos da Escola 2019

Ecofossa: estudantes de Beberibe (CE) criam uma maneira de levar água potável com baixo custo a quem precisa.

Projeto "Ecofossa: o uso da fibra do coco na construção de fossas ecológicas”. destaque no Desafio Criativos da Escola 2018

Projeto Ecofossa: o uso da fibra do coco na construção de fossas ecológicas, um dos destaques no Desafio Criativos da Escola 2018

Green Bees Brasil: estudantes de Lins (SP) criam projeto para minimizar o desperdício de alimentos e ajudar a diminuir o impacto ambiental em sua comunidade.

Projeto Green Bees Brasil, Menção Honrosa no Desafio Criativos da Escola 2019

Projeto Green Bees Brasil, Menção Honrosa no Desafio Criativos da Escola 2019

SOS Casa, Cascavel: estudantes de Cascavel (CE) desenvolvem tijolos sustentáveis e combatem Doença de Chagas em comunidades do município.

Projeto "S.O.S Casa", finalista no Desafio Criativos da Escola 2019

Projeto S.O.S Casa, finalista no Desafio Criativos da Escola 2019

Floresta Urbana: alunos de Queimadas (BA) criam viveiro de mudas destinado a cultivar, distribuir e plantar árvores no município.

Projeto Floresta Urbana, Finalista no Desafio Criativos da Escola 2017

Projeto Floresta Urbana, Finalista no Desafio Criativos da Escola 2017

 

 

Deixe uma resposta