Perguntas Frequentes

O programa nasceu na Índia em 2006. Ele foi criado por uma designer indiana, a Kiran Bir Sethi, que fundou e dirige até hoje a Riverside School, na cidade de Ahmedabad. Quando a Kiran abriu sua escola, em 2001, ela resolveu usá-la como um verdadeiro laboratório, experimentando com as ferramentas do DESIGN no currículo e estimulando as crianças a participarem ativamente de seus processos de aprendizado. O resultado foi tão bom que, em 2006, ela resolveu que era hora de espalhar a ideia, e para isso criou o Design for Change. Em 2015, o Alana fez o lançamento oficial do Design for Change no Brasil e o projeto ganhou um novo nome: Criativos da Escola.

A abordagem do Criativos da Escola pode ser utilizada e adaptada para todas as faixas etárias. Nossa sugestão é que o projeto seja desenvolvido com crianças e jovens do Ensino Fundamental I e II ou Ensino Médio – por isso nosso material de apoio foi elaborado com foco nessa faixa etária.

Não! O projeto pode acontecer em espaços de educação formal (escolas) e não-formal. Vale qualquer espaço educativo que reúna um grupo de crianças ou jovens sob a mediação de um educador (como, por exemplo, ongs, associações, clubes, espaços comunitários, serviços de acolhimento e sócio-educativos etc).

Você pode iniciar o projeto em qualquer período do ano, e pode transformá-lo em uma prática permanente. No entanto, para participar do Desafio Criativos da Escola, é necessário atentar-se ao cronograma da premiação. Para realizar o projeto seguindo as orientações do material de apoio, o tempo total estimado é de cerca de 15 horas – mais ou menos 20 aulas. Lembre-se que ele é apenas uma referência, assim como o tempo de cada uma das atividades. Você poderá adaptar os passos sugeridos e coordená-los com sua programação de aulas e projetos.

Você decide. É possível incluir a iniciativa dentro da programação de suas aulas ou aproveitar espaços que tem fora do horário regular. Avalie qual seria a melhor opção para você. Se conseguir mobilizar algum professor que trabalha com a mesma turma que você, as atividades poderão ser divididas nos dois horários de aula, no seu e no dele.

Além disso, o Criativos da Escola pode se tornar uma proposta de trabalho para programas governamentais que apoiem atividades e/ou que ampliam o tempo de permanência dos alunos na escola. Ou, ainda, ser adaptado para o desenvolvimento de projetos junto a Conselhos de Escola ou grêmios estudantis. As possibilidades são muitas e todas são válidas!

O Criativos da Escola é direcionado para todos os educadores do país: é totalmente gratuito e pode ser adaptado conforme sua realidade. Para começar, sugerimos que você apresente a iniciativa a outros professores e à equipe gestora da escola ou da instituição social em que trabalha (ONG, entidade que atende crianças e jovens no contra turno da escola etc). Se outros educadores se interessarem em realizar o projeto, vocês poderão trabalhar juntos, seja com a mesma turma de alunos ou com turmas diferentes. O apoio da coordenação pedagógica ou da direção também facilitará a implementação.

Mas não se preocupe se não houver engajamento da sua organização: implemente o projeto individualmente com suas turmas. Ao compartilhar os resultados muitos se surpreenderão e poderão se mobilizar da próxima vez.

O Desafio Criativos da Escola é uma premiação que reconhecerá e celebrará as iniciativas de transformação da realidade protagonizadas por crianças e jovens de todo o Brasil.  Se você desenvolve um projeto de transformação na sua escola ou instituição, inscreva-o no Desafio!