Hora de agir

Hora de agir

Jovens de Delmiro Gouveia (AL) revitalizam terreno abandonado e o transformam em área de lazer para a comunidade

Um local para brincar. Esse era o desejo dos educandos da ONG Movimento de Adolescentes e Crianças (Mac) que promove atividades recreativas e educativas, em Delmiro Gouveia (AL). A partir do diálogo com os moradores, um grupo misto de estudantes do 6º ano do ensino fundamental ao 2º ano do ensino médio conseguiu transformar um terreno abandonado do bairro em uma área de lazer para toda a comunidade. IMG-20170729-WA0000

“Hoje o espaço melhorou: tiramos todos os resíduos que a população deixava lá, fizemos um campinho para jogar bola, plantamos algumas mudas de árvores, pintamos o muro, mudamos tudo o que estava ruim à nossa volta”, lembra o estudante Elealdo Gonzaga.

Além da criação de um novo ambiente coletivo no bairro, o projeto “Hora de agir” contribuiu para a redução do lixo no local e, consequentemente, para a melhora da saúde dos moradores. Além disso, os alunos elaboraram um ofício para a Secretaria de Infraestrutura do município, em que pedem bancos, grades e iluminação adequada para que o espaço possa ser utilizado também no período noturno. “Depois dessa mobilização, os estudantes começaram a sonhar com várias outras coisas que antes jamais imaginavam”, relata o educador e orientador dos jovens, Cosmo Soares.

 
Do lixo ao lazer
Incomodados com o grande volume de lixo e a proliferação de ratos e baratas no bairro, ocasionados pelo acúmulo de resíduos depositados por moradores em terreno ao lado da Ong Mac, o grupo de 25 jovens decidiu elaborar uma solução para o problema.

“Quando a prefeitura finalmente vinha retirar o lixo, levantava muita poeira e sofríamos tanto pela sujeira do lixo quanto pelo pó e terra que eram espalhados”, descreve Cosmo, sobre os fatos que motivaram as crianças e adolescentes a pensar no que poderiam fazer para melhorar o terreno. “A gente visitou 42 casas para falar sobre o problema e conseguimos apoio para tirar os resíduos e adaptar o espaço”, lembra a aluna Stefany Meireles. Vários sacos de lixo são vistos em um grande terreno.

Para estimular a participação da comunidade, os estudantes conversaram com as pessoas sobre os efeitos do descarte inadequado de lixo tanto para o meio ambiente, quanto para a saúde dos moradores. “A própria população se sensibilizou para nos ajudar, limpando com a gente e plantando mudas de espécies da caatinga. Uma vizinha até se disponibilizou a regá-las todos os dias”, lembra Elealdo.

A iniciativa começou em setembro de 2015 e, hoje, o local é utilizado para atividades recreativas dos membros da Mac e dos habitantes do bairro. “Usamos o terreno como um apoio para os nossos projetos e as crianças gostam de jogar bola lá porque é uma área bem grande”, conta Cosmo.

 
Uma praça acolhedora
Para conseguir um ambiente mais acolhedor para o bairro, o grupo de educandos teve que superar não só as más condições do local, mas também o desconhecimento e os costumes de alguns moradores. “Tivemos um choque no primeiro contato com a comunidade: algumas pessoas nem sabiam que não era correto [jogar o lixo], porque a prefeitura recolhia com frequência”, lembra Cosmo.

Jovens espalham placas com a frase "Proibido jogar lixo".As crianças e os jovens se reúnem uma vez por mês para manter a preservação do lugar com recursos da própria instituição, além, é claro, da ajuda da população. Entre as ações que realizam, os estudantes retiram os resíduos do terreno e fiscalizam as placas de advertência para conservação da praça. “Um de nossos problemas atuais é a falta de apoio para realizarmos uma nova limpeza, porque o mato está crescendo”, aponta Stefany.

Ainda de acordo com a estudante, mesmo com todo o trabalho já realizado, o grupo segue disposto a conseguir uma parceria com a Prefeitura para a conservação do local: “a gente quer fazer uma praça de verdade, que tenha quadra, bancos de madeira, brinquedos e iluminação para que todos a usem ainda mais”.

 

Redação: Vanessa Ribeiro
Edição: Gabriel Maia Salgado
Imagens: Divulgação

 

Você conhece um projeto protagonizado por crianças e jovens que está transformando a escola e a comunidade?

Inscreva-o no Desafio Criativos da Escola e veja sua história ganhar o mundo!

2 Comentários
  1. O MAC Movimento de Adolescentes e Crianças http://www.mac.org.br vem desenvolvendo ações semelhantes por todo o Brasil a exatamente 49 anos. Viva a organização das crianças e adolescentes por um mundo melhor.

  2. Um trabalho que vem sendo desenvolvido com muito amor. Parabéns crianças, adolescentes e comunidade em geral. Juntos fazemos a diferença.

Deixe uma resposta